11 de dez de 2012

O “quarteto fantástico” para realizar o que quiser: Foco, objetivo, meta, ação.


"Alice e o Gato se encontram numa encruzilhada. Alice pergunta:
- Qual caminho devo seguir?
- Isso depende! Pra onde você quer ir?
- Não sei!...
- Ora, então qualquer caminho serve!"
Alice no País das Maravillhas.- Lewis Carroll

Geralmente, ao receber os meus clientes no consultório, após uma primeira escuta, pergunto sobre seus sonhos, objetivos ou metas que possam ajudá-los a ter uma vida mais satisfatória. A maioria sempre tem algo positivo a dizer: querem ser mais confiantes, tranquilos, conquistar um emprego melhor, fazer cursos, viajar, adquirir bem materiais, ter relacionamentos saudáveis. Mas, o que os impede? Acontece que tudo o que foi citado está na esfera dos objetivos. Ter um objetivo em si, não faz com que se realize. É preciso que você tenha meta. O objetivo sem meta, é um desejo, um sonho. O objetivo te diz O QUÊ você quer; a meta se refere ao o QUANTO queremos, QUANDO queremos e COMO queremos. A partir do momento em que você define o que quer, o quanto, quando e como, entram o papel do FOCO e da AÇÃO. É hora de priorizar tudo aquilo que te aproxima da sua meta e se afastar de coisas, pessoas ou pensamentos que te distanciam dela. Isso é FOCO. Além disso,você precisa se perguntar: quais as ações eu preciso ter para alcançar essa meta? Descreva com riqueza de detalhes as coisas que você precisa fazer e deixe em um lugar visível.

Um exemplo simples do que estou falando seria o seguinte: vamos supor que a pessoa deseja trocar de carro (objetivo), isso pode acontecer daqui a 1 mês, daqui a 1 ano, ou a 10 anos. Mas, se ela deseja trocar de carro até julho de 2013 (meta), ela focará suas ações para economizar, fazer pesquisas no mercado sobre quanto vale o seu carro atual, o quanto vale o carro que deseja e do que precisa abrir mão para alcançar o objetivo.

Outro exemplo são para as pessoas que estão acima do peso e desejam conquistar o peso saudável para o seu tipo físico (objetivo). Se ela diz que quer alcançar isto em 1 ano (meta), ela fará ações como procurar profissionais que o auxiliem, fazer atividade física regular, ter um alimentação saudável, ou seja, todos os comportamentos que a aproximam de sua meta.

O final do ano está chegando e maioria das pessoas fazem o famoso “balanço” e muitas vezes percebem que não realizaram nem a metade daquilo que se propuseram no início de 2012. Provavelmente tiveram muitos objetivos, mas não colocaram meta, foco e ação. Para 2013 as coisas podem ser diferentes, pense nisso e coloque este “quarteto fantástico” em ação!
 
Psicoterapeuta e Psicóloga Clínica
CRP 23049/04
(34) 3083-6720

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...