18 de set de 2013

Ela é histérica.....!!!!O que isso significa??

O Transtorno de Personalidade Histriônica ou Histérica consiste de um padrão invasivo de emocionalidade excessiva e comportamento de busca de atenção, que começa no início da idade adulta e está presente em vários contextos. Essas pessoas sentem-se desconfortáveis ou desconsiderados quando não são o centro das atenções. Frequentemente animados e dramáticos, tendem a chamar a atenção sobre si mesmos e podem, de início, encantar as pessoas com quem travam conhecimento por seu entusiasmo, aparente franqueza ou capacidade de sedução. É mais comum no sexo feminino, e apesar do comportamento sedutor e exibicionista, muitas das pacientes acometidas apresentam frigidez ou outra disfunção sexual.
A pessoa com transtorno histriônico da personalidade (histérica) vive em um mundo de fantasias, onde sua vida é um palco teatral, em que ela encena os atos para si mesma e para os que a rodeiam. Histriônico é o adjetivo relativo a "histrião", que significa "palhaço" ou "bobo”.
Eles empenham-se excessivamente em impressionar os outros com sua aparência e despendem tempo, energia e dinheiro excessivos para se vestir e se arrumar.
Podem "caçar elogios" pela sua aparência e se aborrecer com facilidade e em demasia por algum comentário crítico acerca de como estão ou por uma fotografia na qual, em sua opinião, não saíram bem.Geralmente têm um estilo de discurso excessivamente impressionista e carente de detalhes.
De forma geral, a personalidade histriônica tem grande imaturidade emocional. Essas pessoas crescem fisicamente, mas por algum motivo deixam de crescer emocionalmente e se estacionam nesta imaturidade, como se emocionalmente fossem eternas crianças. As características mais evidentes de imaturidade emocional encontrada em histriônicos podem ser a impaciência e imediatismo, inconstância, atitudes infantis, impulsividade, baixa tolerância à rotina e monotonia, ciúmes em excesso, intolerância a frustações e decepções, entre outras.
            Pessoas com o transtorno de personalidade histriônica podem usar doenças ou acidentes para fazer com que o foco de atenção seja voltado para si. Muitas vezes glorificam doenças e podem se expor a riscos de saúde propositalmente, como se não se importassem com sua própria saúde, porque tendem a acreditar que terão a atenção voltada para si e cuidado intenso caso estejam doentes. Isso também acontece durante tratamentos psiquiátricos e psicoterápicos, em que tendem sempre a descontinuar o processo quando percebem que estão prestes a melhorar.
O tratamento psicoterápico indicado é a terapia individual, contanto que esta seja favorável a um bom relacionamento para que facilite o vínculo necessário a ser estabelecido no início do processo. O terapeuta pode, muitas vezes, encontrar-se colocado em um “papel de salvador”, em que será constantemente solicitado para tranquilizar o paciente e o salvar a partir de seus problemas diários.Trabalhar estas questões e mostrar que isso é o que prejudica suas próprias relações, trabalhando formas mais adequadas e assertivas de comunicação, é papel na terapia com uma clara delimitação do âmbito terapêutico.
 
Psicóloga e psicanalista
  CRP 04/26314 
Tel.: (34) 3083-6720

Um comentário:

Uma História com Deus disse...

Poxa, gosto demais dos seus artigos e estou aprendendo muito, muito mesmo.
Obrigada por nos ensinar um pouco.
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...