7 de out de 2015

Bem-Estar Psicológico


          Conceituar o que é Bem-Estar é algo muito complexo. Envolve além do modo como cada pessoa lida com as diferentes esferas da sua vida (subjetiva, social e psicologicamente) também o modo como o cotidiano é absorvido e sentido pela pessoa ou seja, o caráter adaptativo dos seus comportamentos ou respostas face ás circunstâncias e exigências com que se depara a cada momento.

         Viver uma rotina tão atribulada em que o mundo exige sermos articulados nos diversos papéis que exercemos no trabalho, estudos, relacionamentos, maternidade e paternidade, metas de âmbito social pessoal e cultural..tudo isso se apresenta como uma necessidade, que para conseguirmos atender precisamos, diante da enorme demanda, requerer diversos sentimentos e sensações de domínio interno... entre esses é primordial a sensação de satisfação ou de bem-estar!
         Uma interrupção na estrutura emocional de equilíbrio da pessoa, podendo ser ocasionado por algum manejo inadequado dentro desses papéis ou episódios estressantes em alguma fase da vida, inesperados ou mesmo de difícil solução podem ser sentidos de maneira negativa, desestruturando-a e gerando sofrimento pessoal, desequilibrando assim corpo e mente!

        Para atingir uma harmonia entre os fatos e fatores da vida, interna e externamente, a busca para o bem-estar como um caminho passa a ser um elemento preventivo e intimamente relacionado a busca pela saúde.
Dentro dessa proposta recentemente a pesquisadora Carol Ryff da Universidade de Wisconsin-Madison publicou em Psychotherapy and Psychosomatics, uma revisão que diz respeito precisamente a este tópico. A pesquisadora afirma que seriam 6 os aspectos particularmente importantes para alcançar o cobiçado objetivo do bem-estar psicológico.

ACEITAR-SE
       Ter uma atitude positiva em relação a si mesmo, apreciando as virtudes e qualidades que você tem (sabendo reconhecê-las), mas igualmente aceitando também os aspectos ruins do próprio caráter ou do próprio físico, ou seja, os próprios defeitos. O conceito de "aceitar a si mesmo" é também muito importante para fazer as contas e metabolizar a vida passada com os seus momentos felizes, mas também com os momentos tristes que a pessoa viveu.
CRIAÇÃO DE LIGAÇÕES DE QUALIDADE 
        Depois de ter encontrado uma maneira de ser feliz com você mesmo, o próximo passo é certamente ficar bem com outras pessoas e criar laços duradouros e estáveis, ​​sentimentais ou de amizade. O importante é saber confiar, experimentar sentimentos de carinho, intimidade e empatia com outras pessoas.
SENSOS DE AUTONOMIAS DE PENSAMENTO E AÇÃO
         E importante desenvolver uma autonomia seja em relação às suas próprias crenças como em ações concretas. Deve-se portanto, ser capaz de suportar as pressões que vêm de fora: social, familiar, etc. Mantendo-se sempre coerente com os seus próprios pontos de vista, evitando, assim, se preocupar muito com as expectativas e avaliações que os outros têm de você.
CAPACIDADE DE LIDAR COM AMBIENTES COMPLEXOS EM BASE A NECESSIDADES E VALORES 
        O bem-estar psicológico também é alcançado ao aprendermos a lidar da melhor forma possível com as dinâmicas do dia-a-dia que fogem do nosso controle. As coisas que acontecem sem que queiramos, devem ser geridas com pulso firme de modo a tirarmos proveito de todas as oportunidades que se apresentam em nossas vidas, para nossas necessidades e valores pessoais, sem nos irritarmos com o que está fora de nosso alcance.
TER UM PROPÓSITO E UMA META SIGNIFICATIVOS NA VIDA
        De acordo com a pesquisa quem se dedica apenas a buscar o prazer não alcança o verdadeiro bem-estar.Ter um propósito na vida, convicções firmes e seguir uma direção, são objetivos que cada pessoa nunca deve perder. É fundamental também aprender a dar sentido no que aconteceu no passado para poder continuar determinado na direção escolhida.
CRESCIMENTO PESSOAL
       As pessoas que "trabalham para si mesmas" e que estão em contínuo desenvolvimento, crescimento e expansão, graças ao desejo de enfrentar novas experiências, podem realizar o próprio potencial e alcançar o bem-estar. Ter uma maior consciência de si mesmo e se comprometer todos os dias para melhorar-se, são métodos eficazes para nunca se cansar e ter uma atitude mais pró-ativa em relação à vida.

 É fundamental que façamos uma avaliação da nossa vida, de como estamos realizando nossas metas e ações. Reflexão e autoconhecimento são importantes para mantermos uma vida construtiva e feliz e sendo direcionados pela Psicoterapia consolidamos uma importante ferramenta nesta busca, na melhoria da qualidade de vida e principalmente no bem estar subjetivo pois permite-se direcionar adequadamente para serem trabalhados aspectos inconscientes de nossos traumas e problemas, propiciando assim a solução de conflitos.
 "Viver em estado de bem-estar é umas maiores aspirações de qualquer sociedade. A busca pela felicidade rege as nossas ações e escolhas do cotidiano e perpassa todas as fases da vida.
Para transformar o mundo que está á sua volta é necessário primeiro transformar-se a si mesmo..."

Célia Gonçalves dos Santos
Psicóloga Clínica e Neuropsicóloga
CRP 04/IS00497
fone: 3083-6720

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...